quinta-feira, setembro 22, 2005

Nossa Senhora Fátima

Fátima voltou. Aleluia, Aleluia.

Fátima veio dos céus (pela TAP) a sorrir, cândida como a virgem. O povo, atrasado mental com a 3ª classe até ao 2ª período, recebeu-a de braços abertos. Houve até quem tenha faltado ao trabalho para ir Vê-la. Inocente. “Eu vi-a!” Exclama o povo. Mas nem todos são assim, como confirma o desgraçado que ousou dizer “isto é tudo uma palhaçada”. Burro! Gritam os irmãos, os vizinhos, todos em coro celestial, para esse herege que se atreveu apontar o dedo directamente a Ela. Ela não tem culpa. A boa-nova chegou: ela pode sair em liberdade. Dos 23 crimes pelos quais é indiciada? Não. Fátima sorri. Para o povo, Fátima veio, Fátima ficará.

Que personagenzinha abjecta, que maneira de falar irritante, que mentalidade, que tiques... Apetece atirar para os confins da choldra até que apodreça. Poupe-se os procedimentos judicias, incrimine-se. Instaure-se a pena de morte! Mesmo que seja inocente, paciência. O povo lembrar-se-á dela para sempre. Dela far-se-á Mártir, depois Beata, depois Santa, depois Presidente, tudo pelo povo.

Fátima veio porque o povo quis e Fátima vai ficar livre porque o povo assim o quererá. Aleluia, Ela voltou.

2 comentários:

Anónimo disse...

Que cenário bonito:a fatinha cheia de sorrisos e boa disposição enquanto uma multidão, histérica, ansiava por ver a sua "messias"....RIDÍCULO!!!(Merecem tudo e mais alguma coisa que a sra, em causa, lhes faça...)
Ahhh...a propósito..o post está excelente!!

LicorBeirão disse...

Mas olha que a filha.... Até a indiciava!!!